Como ter filhos mais seguros?

Como ter filhos mais seguros?

No inicio da vida dos pequenos tendemos a criar uma ligação muito intensa com eles. Afinal, vivemos os primeiros dias totalmente conectados, esquecemos de tudo a nossa volta para viver um período com eles e para eles, porém depois de um certo período é importante que a vida vai retomando o curso anterior, logicamente com uma vida adaptada ao novo integrante da família.

O que muitas vezes acontece é que o bebe depois daquela intensa ligação com a mamãe não quer mais saber de ninguém e a mãe já não pode fazer mais nada sem que ele chore, seja as atividades comuns de casa ou até sair pra algum lugar e deixar o bebe com alguém.

Veja uma maneira de não ter esse problema com seu bebe.

Bebe

Bebe


Os humanos são os mamíferos mais indefesos que existem, eles nascem sem conseguir sobreviver sem um cuidados muito próximo. Qualquer outro animal consegue andar e se alimentar sozinho logo nos primeiros dias.

Sendo assim, é necessário que o bebe humano tenha um tempo a mais de proximidade com a mamãe, primordialmente nos 03 primeiros meses de vida, com a mamãe (ou outro cuidador próximo), e a isso damos o nome de exterogestação.

A exterogestação é como se fosse uma gestação externa, onde o bebe continua se desenvolvendo tanto emocional quanto fisicamente em um ambiente muito próximo ao que era quando estava dentro da mãe.

Maternidade

Maternidade


Veja algumas dicas de como fazer a exterogestação:

  • Utilização do Sling

Já ouviu falar do Sling? Ele é uma faixa que segura o bebe próximo a mãe. Ele fica na posição fetal e bem próximo ao coração de quem o segura, de maneira que se sente muito próximo a sensação de dentro do útero.

  • Crianças que permanecem em maior contato com os seus cuidadores tendem a chorar menos;
  • O contato barriga com barriga diminui os episódios de cólica
  • O bebe quando dorme muitas vezes se assusta e acorda chorando (o que dificulta o sono), ao estar no sling ele se sente mais seguro e dorme melhor (Aqui eu usava o dia todo, e a noite colocava ele no berço, ele dormia a noite toda no berço e durante o dia comigo no sling, isso não acostumou ele mal – como muitos dizem);
  • Permite que você tenha suas mãos livres para fazer o que quiser sem que o bebe acorde ou lhe restrinja as atividades (a unica coisa que não fazia era cozinhar com ele no sling)

Muitas pessoas, muitas mesmo me falavam que eu iria acostumar ele mal querendo colo o tempo todo depois, e na boa, meu filho gosta muito mais de chão do que colo!!!

Sling

Sling

  • Banho de Ofurô

Você não precisa ter um ofurô em casa para isso, hoje em dia existe um balde que vende em lojas de produtos infantis (custa em torno de R$ 30).

O design do ofurô, segundo especialistas, oferece ao bebê essa associação com o útero, pelo fato do pequeno ficar em posição fetal, sentado ao fundo e com as pernas e os braços encolhidos. A água morna, em temperatura entre 36 e 37 graus, até no máximo a altura dos ombros, ainda auxilia essa ambientação.

Especialistas ainda recomendam o ofurô para banhos mais próximos à hora de dormir, deixando o pequeno mais calmo e até mesmo evitando e/ou aliviando possíveis cólicas.

Aqui eu dava todos os dias antes de dormir e utilizava ainda uma musica calma no banheiro e alguns dias colocava camomila na água.

Ofuro

Ofuro

  • Aleitamento materno em livre demanda

Quando o bebe estava dentro da barriga ele não tinha hora para se alimentar, então para ele é complicado entender que de repente só pode se alimentar de 3 em 3 horas. A livre demanda envolve alimentar o nenem sempre que ele quer.

Os médicos recomendam este método em vez dos horários regrados, pois isso traz alguns benefícios muito importantes para o desenvolvimento do bebê e para o bem-estar da mãe. Por exemplo, as crianças perdem menos peso depois que nascem quando são alimentadas por livre demanda. E isso ensina a criança desde cedo a regular a ingestão de alimentos conforme a sua fome, o que é superimportante na prevenção da obesidade no futuro (www.macetesdemae.com.br)

  • Limitar as visitas (pouca luz e pouco barulho)

Não sei quem criou a ideia de que logo que o bebe nasceu é necessário fazerem visitas. Claro que a mamãe gosta de ver que se importam com ela, porém os primeiros meses são muito difíceis, períodos de pouco sono a mamãe tende a ficar muito cansada e a casa não fica nos melhores estados. Sendo assim o ideal é que visitem a mãe (aqueles que não tem muita intimidade, claro) depois dos 02 primeiros meses.

Para o bebe isso é ótimo, pois ele no utero se encontra em um ambiente escuro e com pouco barulho, ai de repente vai para um local cheio de gente com barulho muita luz e passando de braço a braço, além de terem riscos para saúde do bebe já que ele ainda não tomou as vacinas, gera uma ansiedade desnecessária. Sendo assim, tente limitar as visitas apenas aquelas poucas pessoas que lhe auxiliarão nos cuidados e terão futuramente contato com o bebe com maior frequência.

Mamãe Bebe

Mamãe Bebe


Bom, eu fiz todos esses passos e garanto que meu filho é extremamente carinhoso, porém super seguro, se aproxima das pessoas em geral e nunca teve aquela relação muito grudada comigo, o que me facilitou muito já que precisei voltar a trabalhar logo e alguns dias preciso ficar até mais tarde trabalhando ou até quando quero dar uma saidinha com o marido ele fica com a minha mãe e minha sogra sem problema algum.

Envie seu comentário