Quando a busca pela magreza se torna obsessão

Quando a busca pela magreza se torna obsessão

Corpos magros, definidos, com patamares de perfeição são expostos pela mídia e redes sociais como sinônimos de saúde e beleza. Para atingir o patamar do corpo perfeito, boa parte das pessoas buscam incessantemente por esse ideal, realizando dietas, exercícios físicos e tratamentos estéticos para atingir tal fim.

Será que é possível atingir a perfeição?

Os padrões estéticos não podem e não devem ser aplicados para todas as pessoas, pois cada um possui um biótipo corporal diferente, a particularidade que nos torna únicos no mundo.

E quando a pessoa está com o peso dentro dos padrões do IMC de normalidade, o que faz ela continuar sempre buscando emagrecer cada vez mais?

Quando a busca da magreza se torna uma obsessão, a pessoa desenvolve problemas sérios com alimentação, chamados de transtornos alimentares. Dentro dos transtornos alimentares podem ser citados a anorexia, bulimia, vigorexia, dentre outros transtornos que fazem com que a pessoa tenha uma distorção de sua imagem corporal.

Magreza Excessiva

Magreza Excessiva


Fique atento a alguns sintomas:

:: Olhar-se no espelho e sempre achar que está gordo, mesmo que esteja abaixo do peso;

:: Estar sempre em dieta;

:: Ter pavor de engordar;

:: Apresentar episódios de compulsão alimentar com posterior sentimento de culpa;

:: Utilizar métodos purgativos para compensar a compulsão alimentar, como vômitos e uso de laxantes;

:: Realizar exercícios físicos intensos para perder peso;

:: Ter pouco ou nenhum apetite;

:: Perder peso intensamente com características de desnutrição;

:: Apresentar peso inferior ao IMC;

:: Utilizar medicamentos frequentemente com intuito de emagrecer.

Caso você perceba esses sintomas, procure um profissional da saúde para uma atenção especializada para o caso e um tratamento adequado de acordo com o diagnóstico encontrado.

Fonte: Psicologia Fitness

Envie seu comentário